Peter Pan by Phill
julho 4, 2009, 1:10 am
Filed under: Palavras | Tags: , , , , , ,

(Ferramenta: Photoshop)

Era uma vez…

Um garoto diferente. Na verdade, não sei se era, se foi, ou se jamais conseguiu ser garoto… porém, todos sabemos que Michael Jackson era diferente. E não por ser um artista fenomenal. Não… digo nos pensamentos. Brilhante, sim, porque burro ele jamais foi. Agora, confuso já é outra estória…

Infância de verdade ele nunca teve. Muitos não têm, claro. A vida é menos maleável que o aço, às vezes, e há pessoas piores que outras; menos pais e mães e mais homens e mulheres desvirtuados. Talvez a diferença de homem para homem esteja diretamente ligada ao tratamento da infância, ou talvez seja algo entranhado em nós mesmos… ou talvez até um pouco dos dois, não saberia dizer ao certo. Não entendo de psicologia; se quiserem saber a resposta mais concreta possível, perguntem aos psicólogos.

Vejam: eu apenas digo o que acho, nada mais; escrevo minhas idéias e não minhas certezas, já que estas não têm tanta graça ou poesia. E o que eu acho, de verdade, é que Michael Jackson foi adulto quando queria ser criança, e tentou ser criança quando precisava ser adulto. E achou que conseguiria.

Muito dinheiro faz isso com as pessoas: faz elas acreditarem que têm o poder de moldar a realidade ao seu belprazer, como verdadeiros artíficies da vontade, e trazer todos os seus sonhos aos seus pés… e o sonho particular de Michael Jackson sempre foi sua infância querida, que os anos não trazem mais. Que nunca trouxeram, que lhe fora roubada, que lhe fora arrancada à força!

Ah, meu pai! – deveria tê-lo pensado, um dia, o cantor negro da pele branca – Como eu queria um pai de verdade para ser criança de verdade!

E aí ele percebeu… há sempre o dinheiro…! Comprar sua infância de volta? Teoricamente é algo ridículo, não é? Bem, parando pra pensar… nem tanto assim. Não para ele, e duvido que para muita gente isso o seja também.

Porém, por mais que não seja ridículo, é impossível. Sei mais do que muitos o quão difícil é ser um Peter Pan. Não nascemos para parar ou voltar o tempo, nem para fazer moonwalks na vida. Nossos passos sempre, por mais lentos e por mais que olhemos para trás, fazem sua própria dança rumo ao futuro. E às vezes, entender isso custa muito mais do que só um pouco de tempo: custa bilhões e bilhões de dólares, que moldam uma Terra do Nunca em lar e os Hérois dos Quadrinhos em pedra, trazendo os sonhos mais pra perto e os problemas mais pra longe.

E, às vezes, custa sua própria vida.

Talvez, depois de pensamentos como esses, uma pergunta baile na mente de todos, fazendo seus rodopios no palco da mente de cada um: E se ele não conseguiu ser criança, e não conseguiu ser adulto… o que ele conseguiu ser, afinal??

Hahaha! – debocham das palavras os seus fãs – alguém precisa mesmo responder?

*

– Esse é um texto em homenagem ao Rei do Pop, escrito por Phillip Thibodeaux, que demostra o carinho do HisDream pela pessoa que foi Michael Jackson. Acima de tudo ele foi um ser humano que acreditou em seus sonhos, e merece como qualquer outro sonhador, nosso respeito. Que descanse em paz!

banner-pessoal-phill1

Anúncios


Amigo Imaginário [2] by Rafael Arruda
abril 24, 2009, 9:22 pm
Filed under: Ilustra | Tags: , , ,

(Edição pelo Photoshop CS3)

Aquele que nunca teve um, que me condene, mas o Flip sempre foi um bom amigo. (¬¬*) As vezes me pego considerando que sonho demais, isso pode ser bom ou ruim, depende sempre da situação. O Importante é a medida correta. O HisDream foi criado justamente para isso, adicionar a medida de sonho no mundo de quem é TÃO sério.

😀

Os dois primeiros estão aqui ó: https://hisdream.wordpress.com/2009/01/27/amigo-imaginario-1/

banner-pessoal-zinho



Páscoa by Caio
março 30, 2009, 10:06 pm
Filed under: Ilustra | Tags: , , , , , , , , ,

(Ferramenta: Photoshop CS4/ Autor: Caio.)

Não são apenas os supermercados que começam a pensar na Páscoa mais cedo, chocólatras e blogueiros também! É com esta singela imagem que iniciamos a temporada mais sincretista do ano, quando o coelhinho da páscoa se encontra com ovos pintados a mão, e Jesus Cristo com chocolates embalados em papéis brilhantes. E já que é pra misturar tudo, por que não sonhar com o coelhinho da Playboy na Ilha de Páscoa?

 

banner-pessoal-caio



A Man and His Dream by Phill
março 11, 2009, 12:10 pm
Filed under: Poesia | Tags: , , ,

Se sorrir é complicado,
muito mais o é chorar

Se o cansaço é solitário,
não haverá quem cansará

Se o mundo é corrosivo,
maior metal que o amor não há

Se o poder corrompe a todos,
melhor o céu, então, governar…

O homem e as virtudes que lhe convém.

Se a inércia mata a vida,
Girais, ó mundo, Energizais!

Se excesso é um pecado,
Quem que quer coisas demais?

Se olhar pra dentro é egoísmo,
olhar pra fora é olhar pra trás

E se o melhor de nós é ilusão,
Sou um sonho, só um sonho, nada mais.

Um homem e seu sonho

banner-pessoal-phill1



Sonho Desavisado by Rafael Arruda
janeiro 28, 2009, 1:52 pm
Filed under: Palavras | Tags: , , ,


O sol mal havia nascido quando debrucei-me no encosto do sofá. Olhava pela janela compenetrado pelo movimento quase inperceptível da neblina caindo sobre o solo. Uma manta branca e calma. O fogo já crepitava na lareira, foi aceso assim que o primeiro empregado chegou. O cheiro do café invadia a sala com gosto de insônia, os livros não me permitiram dormir. A temperatura incomodava de tão perfeita, o frio do campo e o calor de uma casa confortável, aquilo não me saia da cabeça. Dois cães farejavam lá fora enquanto o homem de capa cor de carvalho cortava lenha, cada golpe parecia cortar seu próprio corpo já cansado e velho. Pequenas linhas de sol passeavam entre a neblina já não muito densa. Os pães estavam saindo do forno, um pequeno sino foi tocado pela primeira vez na manhã. Alguns cavalos são tirados do estábulo para esticarem as pernas, logo puxariam carroças e arados. Percebi o quanto era preguiçoso. Alguns passos no andar de cima, minha tia e minhas irmãs. O pequeno sino é tocado de novo. A neblina já quase sem graça vai se despedindo da terra, desprendendo os mistérios que guardava. Minha tia dizia que a neblina esconde a travessura dos pequenos da floresta, já tinha acreditado nisso. Alguns passos na escada, umas conversas, risos e ruídos. Ultimo bater do sino, a casa acorda. A verdadeira manhã já se despede e deixa espaço para a manhã dos desavisados. Percorro com os olhos toda a biblioteca mais uma vez antes de sair. Abro a porta pesada de duas folhas. Uma respiração pesada, um chacoalho e um sino me despertam assustado. Havia sonhado com a manhã que nunca percebera. Eu era um desavisado.

banner-pessoal-zinho



Amigo Imaginário [1] by Rafael Arruda
janeiro 27, 2009, 8:39 pm
Filed under: Ilustra | Tags: , ,

*

“Com criatividade a vida se renova!”

Aceite o Desafio!

Em nossas vidas estamos sempre tendo a oportunidade de usar nossa criatividade. Muitas vezes essa é a divisão entre a abertura de portas e o seu fechamento. Precisamos inovar em nossas atitudes, crescer em nossos pensamentos.
Em uma era de “instant things”, devemos vigiar nossa condição de criadores. Exercitar nossa imaginação deve estar na lista de afazeres diários. É preciso sonhar

banner-pessoal-zinho



Um dia… by Phill
janeiro 24, 2009, 11:01 pm
Filed under: Poesia | Tags: , , ,

O Sonho
O Espaço
A Vontade
A Saudade
O Cansaço
A Distância
O Amor
A Fragrância
O Aconchego
O Desejo
E um Beijo
Pela Chama
Pelo Mundo
O Futuro
E o Sonho.

banner-pessoal-phill1

*

-Não esqueça de participar de nosso *DESAFIO!